Dia Mundial do Veganismo, o que significa?

1 de novembro de 2019



O Dia Mundial do Veganismo foi criado em 1994 por Louise Wallis, então presidente da Vegan Society da Inglaterra, a instituição vegana mais antiga do mundo, a que cunhou inclusive o termo “vegano”. Louise estabeleceu que em todo dia 1º de novembro seria comemorado o Dia Mundial Vegano, justamente no aniversário de 50 anos da Vegan Society, criada em 1944.

Mas o que é o veganismo e quem são os veganos? Para começo de conversa, o veganismo não é apenas uma dieta, e sim o conjunto de ações em todos os aspectos da vida que demonstra recusa ao sofrimento dos animais.

Para a nutricionista e chef vegana Thina Izidoro, “o veganismo é um sistema que resume uma postura diante da vida”. O vegano não usa nada que venha do mundo animal, como couro ou cosméticos que envolveram, em sua elaboração, experiências com animais.

Sobre a alimentação, no veganismo não entra nenhum produto de origem animal. Nem mel de abelha nem ovos, por exemplo. Ainda assim, quem adota o veganismo pode ter uma alimentação bastante variada.

Para a autora do livro “Cozinha da Thina, a chef que levou o vegetarianismo puro à gastronomia” (Ed. Senac), o veganismo é a “alimentação do futuro” porque não só protege o meio ambiente como a saúde.

Chef Thina Izidoro

“Quando a gente pensa no sistema digestivo, ao comer produtos de origem animal, sobretudo as carnes, há um sistema de decomposição no nosso organismo, em que os resíduos entram num estado de putrefação, durante o qual são produzidos bacilos que vão intoxicando todo o sangue. Já está comprovado que vários tipos de doença, inclusive câncer, estão ligadas a esse excesso de bacilos de putrefação”, explica Thina.

Com os vegetais o processo é bem diferente: a decomposição ocorre pela fermentação, e essa fermentação produz bactérias positivas para o nosso organismo. “Se formos pensar nessa questão biológica, na produção de sangue de qualidade, não há a menor dúvida que a alimentação à base de vegetais, isenta de todos os produtos de origem animal, é a opção mais adequada para o ser humano”, completa a chef do Vegan Vegan, que realiza palestras e cursos regularmente ensinando a parte teórica e prática da cozinha vegana.

Foto: Sergio Pagano | Arte: Alexandre Santos

ESCRITO POR

Vegan Vegan

Criado em 2004, o Vegan Vegan é mais que um restaurante 100% vegetariano. É também um espaço para debater a alimentação vegana, seus princípios e benefícios para a saúde.