Multinacional vegana patrocina futebol no Brasil

19 de julho de 2019



A startup israelense VeganNation tenta há alguns meses emplacar uma criptomoeda para consumidores veganos chamada VeganCoin. A ideia é estimular o intercâmbio entre veganos dos quatro cantos do mundo por meio de uma comunidade em um aplicativo para celular que, além de compartilhamento de receitas e publicações, permite pagamento com a criptomoeda em estabelecimentos cadastrados.

Para divulgar seu produto no mundo, a marca já conta com um embaixador: o ator britânico Jerome Flynn, 56 anos. Vegano há três décadas, ele estrelou a série Game of Thrones no papel do mercenário Bronn.

O ator Jerome Flynn (Game of Thrones) virou embaixador da marca

Veganos e futebol, tudo a ver

O Brasil é a nova vitrine da VeganNation. A marca adotou uma estratégia de marketing curiosa. De uma tacada só, está patrocinando quatro times de futebol profissional. Todos da Região Norte do país.

Os times que receberam o patrocínio pertencem aos estados do Amazonas e do Pará. A VeganNation patrocina agora o tradicional clássico do futebol paraense: Paysandu e Remo, os dois times mais tradicionais do estado que atualmente disputam a Série C do Campeonato Brasileiro.

Paysandu (Belém, PA)

O “Papão”, como é conhecido o time do Paysandu, anunciou em seu site, no início deste ano, que passaria a estampar nas costas e na frente da sua camisa a marca da empresa que “estimula um estilo de vida que valoriza a alimentação isenta de produtos nocivos ao corpo humano e, em particular, sem maus tratos a animais”.

Mais campos de futebol, menos pastos

“Queremos aproveitar a força do futebol para melhorar o mundo a partir da integração das comunidades”, afirmou o diretor executivo e fundador da VeganNation, Isaac Thomas, no dia da assinatura dos contratos com o Paysandu e o Remo, em Belém, em fevereiro. Ele lembrou que “a cada hora estamos destruindo quatro mil campos de futebol de floresta  tropical (para construção de pastos para a indústria da carne bovina)”.

Os outros times são o Nacional Futebol Clube, de Manaus, que disputa a Série D do Brasileirão, e a equipe de futebol feminino Iranduba, outro clube da capital amazonense. Todos os patrocínios valem por 1 ano.  

Nacional (Manaus, AM)

Tomara que a jogada do VeganNation ajude a massificar o vegetarianismo no Brasil. Imagine os jogadores incorporando espetinhos veganos nos seus tradicionais churrascos? Seria um golaço.

Veja neste vídeo mais informações sobre o VeganNation.

Texto atualizado em 08/08/2019.

PS: Agradecemos ao casal Paula e Paulo Savino, proprietários da Ecobrás (a pioneira e ainda hoje uma das principais distribuidoras de produtos de soja orgânica do Brasil), por nos apresentar ao VeganNation.

ESCRITO POR

Vegan Vegan

Criado em 2004, o Vegan Vegan é mais que um restaurante 100% vegetariano. É também um espaço para debater a alimentação vegana, seus princípios e benefícios para a saúde.