Oniguiri: solução criativa para a sobra de arroz

22 de maio de 2020



Nos dias atuais, o desafio é fazer mais com menos, ou seja, conciliar a necessária diversidade de pratos com o estoque de alimentos em casa. Se você está sem ideias, a chef do Vegan Vegan, Thina Izidoro, tem uma dica: Oniguiri.

Adaptado da culinária japonesa: arroz integral, ameixa, alga, shoyu e gersal

Este quitute adaptado da culinária japonesa pode ser a solução para aquela sobra de arroz integral que você gostaria de não deixar pro dia seguinte.

A receita pede, além de 400 g de arroz bem cozido, os seguintes ingredientes: 1g alga nori (1 folha), 16g de ameixa umeboshi (4 unidades), 10ml (2 colheres de sobremesa) de shoyu e 60g (4 colheres de sobremesa) de gersal.

Ao preparo, pois. Corte a folha de alga em 8 tiras. Separe o arroz em 4 partes iguais. Abra cada parte do arroz sobre a palma da mão e passe uma ameixa amassada, espalhando, até que todo o arroz interno fique com a cor rosada da ameixa. Feche em formato retangular. Molhe a mão no shoyu e passe no bolinho. Em seguida, passe o bolinho no gersal, no modo à milanesa. Pegue 2 tiras de alga e contorne o bolinho. Molhe a ponta para que grude. Faça o mesmo nas outras tiras.

Segundo Thina, a ameixa cumpre uma dupla função, pois também ajuda na conservação do arroz, permitindo que suporte temperaturas altas sem fermentar.

Curiosidade: este prato contém 12% de proteína, 30% de lipídio e 58% de carboidrato.

Esta receita foi extraída do livro “Cozinha da Thina – a chef que levou o vegetarianismo puro à gastronomia” (Ed. Senac). A foto é do craque Sergio Pagano.

ESCRITO POR

Vegan Vegan

Criado em 2004, o Vegan Vegan é mais que um restaurante 100% vegetariano. É também um espaço para debater a alimentação vegana, seus princípios e benefícios para a saúde.