Os poderes da sopa de abóbora hokkaido com gengibre

10 de junho de 2020



O Inverno chegando e com ele a vontade de tomar sopas e caldos bem quentinhos.

A sopa de abóbora hokkaido com gengibre – que consta da Lista de Congelados que podem ser pedidos em qualquer dia da semana no Vegan Vegan – é uma opção que alia altas doses de sabor e saúde.

Sopa cremosa de abóbora hokkaido com gengibre

A nutricionista e chef do Vegan Vegan, Thina Izidoro, explica o valor dessa receita.

“A hokkaido é bem diferente das abóboras do tipo baiana e sergipana, que têm uma concentração maior de líquidos e possuem sabor mais doce. Para começar, a hokkaido não é tão doce e é mais cremosa e compacta, por não possuir tanto líquido. No caso desta sopa, preparamos com sua casca, agregando uma grande concentração de ferro, e quebrando o sabor forte da abóbora, aliado ainda ao picante do gengibre. Essa abóbora é muito utilizada na dietética chinesa e na macrobiótica por trabalhar quadros de estômago, baço e pâncreas. Primeiro, por ela ser doce, que é o sabor do estômago e baço, e também por ser amarela (ao contrário da baiana e sergipana, que puxam mais para a cor abóbora mesmo). Essa cor a leva a tonificar a energia dos órgãos e reduzir sua umidade. Muitos sintomas de doença estão relacionados a casos de muita umidade, muito frio ou calor internos. E o baço tem a tendência de acumular mais umidade, até em decorrência da alimentação tradicional, com muito açúcar, farinha, refrigerante e alimentos crus. Ao aumentando a função desses órgãos, a abóbora hokkaido trabalha bem quadros de diabetes e obesidade, geralmente relacionados à umidade excessiva. Além disso tudo, claro, ela é muito saborosa.”

Fotos: Patricia Alves Dias

ESCRITO POR

Vegan Vegan

Criado em 2004, o Vegan Vegan é mais que um restaurante 100% vegetariano. É também um espaço para debater a alimentação vegana, seus princípios e benefícios para a saúde.