Saiba como liberar as energias da casa e do trabalho

10 de março de 2020



Mal concluiu a faculdade de Arquitetura e Urbanismo, no início dos anos 1980, Pita Cavalcanti começou a se interessar pelas filosofias orientais. Esses estudos, então, a levaram ao Feng Shui, a milenar arte chinesa que ajuda a harmonizar a energia dos ambientes. “Achei perfeito, pois era a conexão que faltava entre a faculdade de Arquitetura que havia feito com uma visão ampliada do mundo sutil”, diz.

Hoje, após 23 anos de experiência fornecendo consultoria na área, Pita já se acostumou a ser procurada pelos clientes mais antigos, que pedem sua orientação sempre que se veem diante de alguma mudança de imóvel, reforma ou decoração em casa ou no trabalho. Sinal de que os ensinamentos foram úteis na primeira oportunidade.

Pita Cavalcanti, arquiteta, consultora de Feng Shui desde 1997

É sobre a aplicação desse conhecimento no nosso dia a dia que ela vai falar nesta quarta-feira 11, entre 18h e 20h30, no SOS Saúde do Vegan Vegan. O tema será “Feng Shui dos Ambientes – sua casa, seu trabalho, você”.

“Através do Feng Shui vamos detectar desequilíbrios, bloqueios, faltas ou excesso de energia que podem estar afetando as pessoas de uma casa, ou no trabalho, tornando possível o ajuste desses campos energéticos para o retorno do equilíbrio e da harmonia, nas várias áreas da nossa vida”, explica a arquiteta.

Quer saber mais? Então venha: a entrada é gratuita. O Vegan Vegan fica na Rua Voluntários da Pátria, 402-B, esquina com Rua Conde de Irajá, em Botafogo.

Quando surgiu o interesse pelo Feng Shui? É inevitável o arquiteto se interessar por esse conhecimento milenar ou você está entre as exceções?

Na década de 80, eu comecei a estudar as filosofias orientais, pois estava buscando uma visão mais alternativa de vida. Foi então que surgiram o Yoga, a meditação, a alimentação natural, o parto natural, a Shantala etc. Quando descobri, em 97, o Feng Shui, achei perfeito, pois era a conexão que faltava entre a faculdade de Arquitetura que havia feito com uma visão ampliada do mundo sutil. Fiquei fascinada com os ensinamentos.

Eu não sou uma exceção, hoje já existem arquitetos que trabalham com os conhecimentos do Feng Shui. Acredito que, na China, os arquitetos todos têm esse conhecimento e aplicam em seus projetos. Mas nem todos os arquitetos estão interessados, e considero natural, pois cada profissional vai trabalhar com o que acredita ser fundamental na sua prática. Eu, depois de conhecer os princípios do Feng Shui acredito ser fundamental não abrir mão desse conhecimento que traz bem-estar para as pessoas envolvidas.

Para quem não conhece, você poderia resumir o que é Feng Shui e quais seus principais benefícios?

O Feng Shui é a arte de observar as emanações das forças da natureza, interpretá-las e manipulá-las para o benefício, sucesso e prosperidade do ser humano. Através do Feng Shui vamos detectar desequilíbrios, bloqueios, faltas ou excesso de energia, entre outros, que podem estar afetando as pessoas de uma casa, ou no trabalho, tornando possível o ajuste desses campos energéticos para o retorno do equilíbrio e da harmonia, nas várias áreas da nossa vida, como saúde, carreira, conhecimentos, família, prosperidade, sucesso, criatividade, filhos, amigos e amor.

Baguá, instrumento usado no Feng Shui para mapear os pontos de energia de um ambiente – Foto: Nicolás Damián Visceglio/Pixabay

Como arquiteta, há quanto tempo você trabalha com Feng Shui? Tem notado aumento no interesse pelo assunto? Mais pessoas lhe procuram hoje para fazer essa consultoria do que no passado?

Eu realizo consultorias de Feng Shui desde 1997 e sempre noto interesse das pessoas pelo assunto. Quando passamos por alguma crise, pessoal ou mesmo social, é nesse momento que as pessoas ficam mais propensas a procurar o Feng Shui. Sei que mantenho muitos dos meus clientes antigos, pois toda vez que vão fazer alguma mudança de imóvel, ou alguma reforma, decoração, me contatam para orientá-los.

Que argumento você usaria com uma pessoa cética que questionasse a validade do Feng Shui na hora de organizar o ambiente de casa ou do trabalho?

Eu perguntaria à pessoa qual a área da vida dela que está em desarmonia, ou faltando alguma coisa, e apresentaria as formas de melhorá-la para que ela pudesse comprovar a resolução daquele problema, de acordo com as curas do Feng Shui. Mas não pretendo convencer ninguém que não queira trabalhar sua própria consciência.

Como o Feng Shui ajudou na sua vida? Você teria algum exemplo concreto para contar?

O Feng Shui me ajuda a trabalhar conscientemente o que está em desarmonia ou desequilíbrio na minha vida pessoal. Um exemplo concreto: tinha uma geladeira velha no canto da minha garagem que doei a uma pessoa há muito tempo, e o meu carro que queria vender, mas não arranjava comprador. Assim que coloquei na porta de entrada da garagem o Ba-Guá do “Céu Anterior”, consegui vender o carro e a pessoa veio buscar a geladeira. Tudo na mesma semana! 

ESCRITO POR

Vegan Vegan

Criado em 2004, o Vegan Vegan é mais que um restaurante 100% vegetariano. É também um espaço para debater a alimentação vegana, seus princípios e benefícios para a saúde.