Uma turma tão diversa e divertida quanto o cardápio do curso

17 de fevereiro de 2020



O primeiro curso de culinária vegana da nutricionista e chef Thina Izidoro de 2020, realizado nos últimos dias 13 e 15 de fevereiro, em Botafogo, mostrou uma diversidade que ia bem além dos pratos. Com um cardápio de 22 receitas, incluindo pratos salgados e doces e sucos, o curso reuniu participantes de várias gerações.

Primeira turma de 2020: Ceci, Sandra (assistente da Thina) Margrit, Augusto, Eliane, Thina, Fernando, Mariana e Anna Lilian

No grupo de oito alunos que participaram do curso completo – há uma noite dedicada à teoria (quinta), que é gratuita, e uma manhã e tarde à prática (sábado) – havia mulheres e homens de perfis distintos, mas que têm em comum a vontade de conhecer novas receitas veganas e aprender o valor de cada alimento.

Quiche de legumes com queijo de soja (Foto: Fernando Nicolletti)

Como a professora de Nutrição da UFRJ Eliane Vaz. Vegetariana há 39 anos, Eliane tem investido no hobby da culinária desde que se aposentou. Essa paixão a levou, no ano passado, a fazer um curso de culinária vegana em uma escola de gastronomia da Barra da Tijuca. Durante o curso, participou de uma atividade extra: uma viagem gastronômica a Dubai, onde assistiu a um chef sírio e um turco prepararem o mesmo prato árabe de formas distintas, mas igualmente saborosos. Depois, visitou a Grécia, onde aprendeu, por exemplo, tudo sobre o plantio e extração de azeitonas e preparo de azeites.

Eliane Vaz, professora e pesquisadora de nutrição da UFRJ: “Thina dá dicas que não estão em livro algum”

Sobre a nova etapa desse itinerário gastronômico, Eliane diz que levará consigo as dicas da chef do Vegan Vegan, além, é claro, de alguns ingredientes que ainda lhe eram desconhecidos, como a raiz de lótus usada na Feijoada Oriental.

Raiz de lótus, que compõe a Feijoada Oriental (Foto: Anna Lilian)

“Enquanto ensina as receitas, a Thina dá aquelas dicas que não estão em livro algum, e isso tem um valor muito especial”, diz a experiente aluna.

Já a mais nova aluna da turma, Ceci Amaral, estava ansiosa para preparar logo as receitas em casa. Com 14 anos, prestes a iniciar o 9º ano do Colégio Pedro II do Humaitá, Ceci adotou há três anos a dieta ovo-lacto-vegetariana. Isso mesmo, com apenas 11 anos ela decidiu que era hora de parar de ingerir carne, e tem contado com o apoio da família nessa transição alimentar. Sua mãe, aliás, que frequenta com ela o Vegan Vegan, pretende estar na próxima edição do curso da Thina.

Ceci Amaral, 14, adotou a dieta ovo-lacto-vegetariana há três anos por vontade própria (Foto: Fernando Nicolletti)

“Antes, eu achava que passar para uma alimentação totalmente vegana era bem mais difícil, mas o curso mostrou que há muitas opções. Quero praticar as que aprendi hoje”, conta a adolescente de jeito tímido e convicções firmes, e que se prepara para ter um gato em casa.

O professor Augusto Oliveira era um dos dois representantes da ala masculina da turma. Catedrático de Sociologia na UFF, em Campos, costuma passar dois a três dias da semana na cidade do norte fluminense. O resto do tempo ele costuma ficar mais tempo em casa que a esposa. Essa rotina acabou fazendo com que assumisse as tarefas domésticas, o que inclui a cozinha.

Augusto Oliveira, professor universitário e cozinheiro da casa: “Depois desse curso sei que vou aumentar o meu repertório, vou variar mais” (Foto: Fernando Nicolletti)

“As mães, em geral, não deixam os filhos homens entrarem muito na cozinha, então só aprendi a preparar alguns pratos depois que casei. Confesso que ainda fico restrito aos pratos mais básicos, como arroz e feijão, mas depois desse curso sei que vou aumentar o meu repertório, vou variar mais”, contou, com o certificado do curso na mão.

Resultado do curso à mesa (Foto: Mariana Campello)

Além de bem diversificada e sedenta por aprender, a primeira turma do ano mostrou um enorme entusiasmo em registrar o curso em imagens: não por acaso, a maioria das fotos deste post foi feita pelos próprios alunos.

Antes de comer, aquele registro para a posteridade
Só mais uma fotinha…

E para quem cogita seguir o exemplo de Anna Lilian, Augusto Oliveira, Ceci Amaral, Eliane Vaz, Fernando Nicolletti, Margrit Nicolletti e Mariana Campello, a nutricionista e chef Thina Izidoro anuncia as datas do próximo curso: 19 e 21 de março.

Hora de degustar as iguarias
Foto: Fernando Nicolletti
Foto: Fernando Nicolletti

A seguir, mais alguns registros feitos pela turma.

Em primeiro plano, a torta de banana sem farinha com cobertura de castanha do pará (Foto: Anna Lilian)
Abóbora Okaido acebolada com molho de tahine (Foto: Mariana Campello)
Hambúrguer de grãos e sementes (Foto: Fernando Nicolletti)
Feijoada Oriental, com feijão azuki, raiz de lótus, bardana e tofu (Foto: Fernando Nicolletti)
ESCRITO POR

Vegan Vegan

Criado em 2004, o Vegan Vegan é mais que um restaurante 100% vegetariano. É também um espaço para debater a alimentação vegana, seus princípios e benefícios para a saúde.